As oportunidades, as decisões e os lobos

Mais um ano se inicia trazendo milhares de oportunidades para melhorarmos como pessoas e fazermos o bem para nós mesmos e quem nos acompanha nessa jornada. Esses acompanhantes podem ser nossos filhos, pacientes, clientes, cônjuges, colegas de trabalho, amigos, vizinhos, prestadores de serviço ou mesmo aqueles com quem cruzamos na rua ou estão no carro ao lado quando estamos parados no trânsito. Da mesma forma, tudo o que essas pessoas fazem nos afeta em maior ou menor grau.

Pensar nessa intrincada teia nos leva a tomar consciência do impacto e da responsabilidade que temos sobre nossas ações, algo que me parece propício e adequado para essa época do ano. Por isso, pensei em dividir com vocês um famoso conto passado de geração em geração pelo povo Cherokee[1]:

“Certa noite, um índio Cherokee muito sábio contou para seu neto sobre uma batalha que ocorre dentro de todas as pessoas. Ele disse:

“ Meu filho, há uma batalha entre dois lobos dentro de cada um de nós. Um é o mal, é raiva, a inveja, o ciúmes, o orgulhoso, a arrogância, o ressentimento, a mentira, o arrependimento e a culpa.

O outro é o bem, a alegria, a paz, o amor, a esperança, a serenidade, a humildade, a bondade, a benevolência, a empatia, a generosidade, o perdão, a verdade, a compaixão e a fé.”

O neto então pensou sobre o que havia acabado de ouvir e perguntou ao seu avô:

“Qual lobo vence?”

E o sábio ancião Cherokee simplesmente respondeu:

“Aquele que você alimenta.”

 

 

Então, qual lobo você tem alimentado com mais frequência? Qual você vai alimentar a partir de agora?

Um ótimo ano para todos nós!

[1] Os Cherokees são nativos americanos  e compõe a maior população de índios nos Estados Unidos, contanto com aproximadamente 310.000 membros.

To Top